Voltar para Página Home

Cultura
Inclusiva

Diante das diversas políticas de inclusão social, acreditamos que o acesso à cultura é fundamental para a construção de uma sociedade inclusiva. Para tanto, é importante que todos possam estar incluídos nos movimentos artístico-culturais, em que a capacidade criativa, inventiva, a sensibilidade e a imaginação são estimuladas enquanto formas de expressão.      

Acreditamos, dentre outras premissas, que a Cultura é o campo do saber e do fazer estético e ético, que proporciona a construção de valores sociais. É múltipla, complexa e está em contínuo processo de produção, transformação e criação. No entanto, as pessoas com deficiência e TGD ainda estão excluídas, muitas vezes, de tais processos.

Nosso trabalho em cultura está voltado para a construção de projetos, programas e políticas, em uma perspectiva inclusiva, tendo como premissas o Desenho Universal e a igualdade de oportunidades para as pessoas com deficiência e TGD no acesso à produção e fruição de bens, serviços e atividades culturais materiais e imateriais. Acesso este que valoriza e explicita as diferenças, garantindo a acessibilidade de conteúdo, arquitetônica, de comunicação, de informação e de participação na sociedade.

Nossas ações abrangem desenvolvimento, criação, assessoria, curadoria e produção de acessibilidade em espaços culturais, audiovisuais, espetáculos, exposições, exibições, publicações, entre outras.

Saiba mais a respeito acessando a área de projetos.

A fotografia mostra a Caixa do Cinema Incluso e seu contedo, projeto da MD que leva o audiovisual acessvel e inclusivo a espaos educaionais e culturais.. Uma caixa est fechada e e a outra est aberta, e pode-se ver parte de seu contedo.
Exposio OMISTRIOEOTEMPOEMPOESIAS, realizada na Estao da Luz, na cidade de So Paulo. Em uma parede preta, pode-se ler o nome da exposio, que  multimdia inclusiva e acessvel, escrito com letras amarelas
Fotografia de apresentao do Claro Curtas - Festival nacional de curtas metragens feito por celular ou cmera digital. Em um palco, Marcelo Taz apresenta a premiao do festival, acompanhado de Rafaella Sessenta, uma intrprete de LIBRAS.
Quinta Cultural, programao institucional da Mais Diferenas, em sua edio Corpo e Cultura Indiana. A fotografia mostra Sangeeta Isvaran que fala a uma turma de pessoas, vestindo roupas indianas, em um evento da Mais Diferenas.
Fotografia da pea O prncipe que tinha rosto, pea de teatro apresentada com recursos de acessibilidade no 7 Festival de Intercmbio de Linguagens.
Apresentao da So Paulo Companhia de Dana, parceria com a Mais Diferenas que leva alunos das escolas municipais s apresentaes com recursos de acessibilidade
Fotografia de uma cena da pea Noturno Cadeirantes, da companhia de teatro Oficina de Menestris, em exibio com recursos de acessibilidade
A fotografia mostra Rafaella Sessenta, intrprete de LIBRAS, sobre o palco, durante apresentao da pea O prncipe que tinha rosto, no Festival Intercmbio de Linguagens - 2009.
Fotografia de Laerte Fernandes e seu filho, Danilo Fernandes, vivenciando audiodescrio durante visita  exposio. Ambos esto vendados e usam fones de ouvido para escutar a audiodescrio enquanto tocam a obra Violinista.
Atores do Teatro Cego que encenam a pea O Grande Vivo. So trs homens e duas mulheres. Todos esto vestindo camiseta preta e usam culos escuros. Uma mulher tem um basto branco nas mos.
Acesso ao Canal Mais Diferenças no Youtube Perfil Mais Diferenças no Twitter Perfil do Mais Diferenças no Facebook Perfil do Mais Diferenças no Flickr
md@md.org.br

Rua Lisboa, 445 – Cerqueira César – São Paulo – SP
Cep: 05413-000 / Fone: 55+ (11) 3881 4610